Santa Inicia 2017

Olá galera da Coraljampa.

Estou de volta, e podem esperar por uma matéria minha após cada jogo do Santa.

Estivemos ontem em Campina Grande, uma cidade sempre agradável, acolhedora e linda, eu, Bruno, Djair, Helder, Ernani, Lindo Olhar e mais uns 200 tricolores.

O jogo foi horrível, uma verdadeira pelada. Nem sei como saíram dois gols. O Campinense foi mais atrevido e comprometido com o jogo, além de ser uma equipe mais madura com vários atletas que já vinham jogando desde o ano passado. O grupo coral ainda está se conhecendo, daí tanta desorganização, principalmente técnica, pois taticamente a equipe tricolor se postou razoavelmente bem.

Mas já deu para observar algumas coisas: Jaime, o zagueiro, tem um nível técnico muito ruim. O técnico precisa sacá-lo fora urgentemente do time. Jaime não tem condições de ser titular; Vitor, o lateral, continua o mesmo: ineficiente. Tem coisas que nunca mudam. Não sei porque o Santa ainda insiste com Vitor; Júlio César, o goleiro, é muito bom. Foi uma grande contratação do Santa; Nossa zaga continua ruim, o meio campo apagado e o ataque quase inexistente.

Precisamos urgentemente de mais um meia criativo e no mínimo de mais um atacante de área, fazedor de gols e, é claro, de uma zaga inteira, incluindo dois laterais.

Claro também que temos que ter paciência, pois o time está em formação, mas essas providências têm que ser tomadas, imediatamente, pois são problemas evidentes. Caso contrário, a pior novela da história do nosso querido Santinha vai passar no “Vale a Pena Ver de Novo”. Todos sabem do que eu estou falando: A – B – C – D. Sem exageros.

Saímos no lucro ontem no empate de 1 x 1 com o Campinense. O glorioso atual campeão paraibano foi bem melhor do que o Santinha.

Sábado devo ir ao jogo contra o Náutico. Aí mando mais uma matéria para vocês.

O abraço especial de hoje vai para o policial federal Ernani, grande tricolor, que nos recebeu muito bem ontem em Campina Grande, onde reside há 5 anos.

Abraços.

 

GEOVANE VITOR VASCONCELOS – O Dr. Nuclear

Anúncios
por Torcida Coral Jampa

De Campeão PE 2015 à Série B

Pessoal, voltei.

Estou muito feliz pelo Campeonato 2015. Mas ao mesmo tempo preocupado, aliás, extremamente preocupado.

Todos sabem do amadorismo que reina nas diretorias do Santa. Sai ano e entra ano, sai diretoria e entra diretoria, e nada muda.

Meu medo era a direção usar o Título do Campeonato Pernambucano para justificar as NÃO contratações. E é exatamente o que estar acontecendo.

Este campeonato pernambucano 2015 foi uma piada. Bastava o Central jogar com os salários em dia que talvez a história fosse outra. Sem contar a Coisa, que por estar tonta com a desclassificação da Copa Nordeste, acabou se atrapalhando com o Salgueiro. Sim, e o Salgueiro, deixou de fazer uns 2×0 no jogo de ida, em sua casa. Naquele dia, o Santa pediu para apanhar.

A verdade é que não temos time para a Série B. Falta atacante, volante, lateral direito, meio campista avançado, ao menos esses.

Novamente a diretoria vai enrolar e, quando a tabela nos for desfavorável, principalmente quando o rebaixamento estiver à vista, aí a diretoria vai correr atrás. O ANO PASSADO ISSO NÃO DEU CERTO, E DEIXAMOS DE SUBIR.

Se a situação este ano for “deixar de subir” também, está beleza. Mas se for “não cair”, aí vai ser um filme que já vimos e nenhum tricolor vai querer assistir novamente.

Abraços.

 

Geovane Vitor Vasconcelos, o Dr. Nuclear.

por Torcida Coral Jampa

Santa Cruz na final da série C

REN-AD

E a equipe coral carimbou o passaporte para a grande final da Série C 2013, ao bater novamente o Luverdense, desta vez no Arruda, pelo placar de 2 gols a 1, e por coincidência os autores dos gols foram os mesmos da primeira partida, e na mesma seqüência, Renatinho abriu o marcador e André Dias marcou o segundo. Mais de 29 mil tricolores presenciaram a vitória coral.
Agora o Santa Cruz se prepara para a grande decisão diante do Sampaio Correia, a primeira partida acontecerá domingo, dia 24, as 17 horas, em São Luis.

por Torcida Coral Jampa

Santa Cruz – Série B 2014

CORALJAMPA-BEnfim acabou, enfim o alívio! A emoção tomou conta do Arruda, e como não poderia deixar de ser, não foi fácil, tinha que ser sofrido e com um gol no final, de um cara que tem estrela Flávio Caça-Rato, um jogador que espelha a determinação e raça do grupo coral, um gol que fez com que mais da metade dos 75 mil tricolores no estádio e outros milhões espalhados em Pernambuco e no Brasil, chorassem e soltassem um grito preso na garganta por mais de 6 anos.
Parabéns a toda nação coral, a essa torcida que em momento algum deu as costas para o time, mesmo nos piores momentos em que o clube estava no fundo do poço.
Santa Cruz, uma Manifestação Cultural!

A narração super emocionante na voz de Aroldo Costa

Algumas imagens do acesso que ficarão eternizadas (Créditos Coralnet)AD99-A CACA01 HEROI PAREDAO PROMESSA TRIO DE FERRO
PISCINA TININHO TORCIDA VICA

por Torcida Coral Jampa

Santa Cruz estréia com vitória na série C 2013

C-SCFC-2-X-0-LUV

Sem sustos e jogando no Arruda, o tricolor venceu em sua estréia na série C 2013, ao bater a equipe do Luverdense pelo placar de 2 a 0, com gols de Júlio Terceiro (contra) e Júnior Xuxa. Mesmo sem poder contar com Dênis Marques, Renatinho, Natan e Tiago Costa, o Santa Cruz foi superior durante toda a partida e mereceu a vitória. Agora o time coral na próxima rodada, vai até Maceío enfrentar a equipe do CRB, às 19 horas, no Estádio Rei Pelé, com transmissão ao vivo da TV Brasil. Para essa partida o técnico Sandro Barbosa espera contar com Dênis Marques, Renatinho, Natan e Tiago Costa, e também dos novos contratados Panda e Dedé (ex-Campinense), Ramirez (ex-Náutico) e Leozinho (ex-Figueirense).

por Torcida Coral Jampa

Tricolor vence amistoso antes da estréia na série C

AMISTOSO--SCFC-X-NAC-POR
O Santa Cruz venceu o amistoso internacional diante do Nacional da Ilha da Madeira de Portugal, pelo placar de 2 a 0, gols anotados por Raul e André Dias ainda na primeira etapa. No segundo tempo o técnico Sandro Barbosa mudou praticamente toda a equipe, mas o placar não foi alterado. Vale salientar que o tricolor não pode contar com Dênis Marques, Natan, Jefferson Maranhão e Renatinho, todos ainda entregues ao DM Coral.

por Torcida Coral Jampa